Sistemas Operativos

Sistemas Operativos

Sistemas Operativos

História

Na primeira geração (aproximadamente 1945-1955), os computadores eram tão grandes que ocupavam salas imensas. Foram basicamente construídos com válvulas e painéis, os sistemas operacionais "não existiam". Os programadores, que também eram os operadores, controlavam o computador por meio de chaves, fios e luzes de aviso.

Na geração seguinte (aproximadamente 1955-1965), foram criados os sistemas em lote (batch systems), que permitiram melhor uso dos recursos computacionais. A base do sistema operacional era um programa monitor, usado para enfileirar tarefas. O usuário foi afastado do computador; cada programa era escrito em cartões perfurados, que por sua vez eram carregados, juntamente com o respectivo compilador (normalmente Fortran ou Cobol), por um operador, que por sua vez usava uma linguagem de controlo chamada JCL (job control language).

 

 

Tipos de Sistemas Operativos

Sistemas Operativos são um conjunto de instruções executadas pelo processador. Sua função é controlar o funcionamento de um computador, gerenciando a utilização e o compartilhamento dos seus diversos recursos, como processadores, memórias e dispositivos de entrada e saída. Sem SO, usuário deveria conhecer profundamente o computador para poder interagir com ele. Implicaria em trabalho lento e com possibilidade de erros. A diferença entre um SO e aplicações convencionais é a maneira como as rotinas são executadas em função do tempo. O SO não tem início, meio e fim como as aplicações. Dependem de eventos assíncronos. Também pode ser chamado de Programa monitor, Executivo, supervisor ou Controlador.

Exemplos de sistemas operacionais activos:

* Windows
* Mac OS X
* Linux
* Solaris
* FreeBSD
* Haiku
* eComStation
* FreeDOS
* Unix System V
* AmigaOS
* Minix

Exemplos de sistemas operacionais importantes que foram descontinuados

* MS-DOS
* OS/2
* BeOS
* NeXTStep
* CP/M

É de referir que o grupo não falará de todos os Sistemas Operativos pelo facto de serem muitos. Contudo grupo abordará alguns SO´s activos.

Microsoft Windows

É uma popular família de sistemas operacionais criados pela Microsoft, empresa fundada por Bill Gates e Paul Allen. Antes da versão NT, era uma interface gráfica para o sistema operacional MS-DOS. O Windows é um produto comercial, com preços diferenciados para cada uma de suas versões. É o sistema operacional mais utilizado em computadores pessoais no mundo, embora uma grande quantidade de cópias sejam ilegais. O impacto deste sistema no mundo actual é muito grande devido ao enorme número de cópias instaladas. Conhecimentos mínimos desse sistema, do seu funcionamento, da sua história e do seu contexto são, na visão de muitos, indispensáveis, mesmo para os leigos em informática. A actual versão estável do Windows para desktops é o Windows 7, lançado em 2009. Para servidores o Windows Server 2008 R2 é a versão mais recente e estável. Já está em desenvolvimento o Windows 8, o sucessor do Windows 7.

Algumas Vantagens:

O painel de controle é bem mais simples. Recursos visíveis e práticos;

Tem os melhores players de mídia digital, os melhores programas actuais e práticos;

Todo comando do Windows é simples;

É usado por 95% dos computadores existentes.

 

Algumas desvantagens:

Um dos mais populares e usados sistemas operacionais da actualidade é o windows, onde deixa a desejar em muitos aspectos como por exemplo, a facilidade de adquirir códigos maliciosos;

A microsoft é uma das empresas líderes de mercado e mesmo assim ainda cobram preços exorbitantes por seu sistema operacional, além de que a cada versão nova que é lançada do windows requer uma máquina mais potente.

 

 

Versões do Windows

Versões do Windows baseadas no MS-DOS

Windows 1.0; Windows 2.0; Windows 3.0; Windows 3.1.x; Windows 95; Windows 98; Windows 98 SE (Second Ediction); Windows ME.

Versões do Windows baseadas no sistema NT (New Technology – Nova tecnologia)

Windows NT 3.1; Windows NT 3.5; Windows NT 3.51; Windows NT 4.0; Windows 2000; Windows XP; Windows Server 2003; Windows Vista; Windows Server 2008; Windows Home Server; Windows 7; Windows Server 2008 R2.

Unix

Sistema operacional, multiusuário e multitarefa, desenvolvido, no início da década dos 70, por Ken Thompson e Dennis Ritchie, no Bell Laboratories da AT&T. Escrito na linguagem C, podia ser executado em diversos sistemas operacionais. Embora fosse flexível, exigia que o usuário possuisse bons conhecimentos em computação. Quando surgiu, foi distribuído gratuitamente, o que permitiu inúmeras versões tais como:

SunOS;

O AIX;

O antigo XENIX da Microsoft que foi adquirido pela Santa Cruz e transformado no SCO Unix;

BSD Unix, que acabou originando o FreeBSD, e o OpenBSD.

 

 

Linux

É o termo geralmente usado para designar qualquer sistema operativo (português europeu) ou sistema operacional (português brasileiro) que utilize o núcleo Linux. Foi desenvolvido pelo finlandês Linus Torvalds, inspirado no sistema Minix. O seu código fonte está disponível sob licença GPL para qualquer pessoa que utilizar, estudar, modificar e distribuir de acordo com os termos da licença.

Inicialmente desenvolvido e utilizado por grupos de entusiastas em computadores pessoais, o sistema Linux passou a ter a colaboração de grandes empresas, como a IBM, Sun Microsystems, Hewlett-Packard  (HP), Red Hat, Novell, Oracle, Google, Mandriva e a Canonical.

Apoiado por pacotes igualmente estáveis e cada vez mais versáteis de aplicativos para escritório (LibreOffice, por exemplo) ou de uso geral, por programas para micro e pequenas empresas gratuitos (projeto GNU) mas que em nada ficam a dever aos seus concorrentes comercializados, e interfaces gráficas cada vez mais amigáveis como o KDE e o GNOME, o núcleo linux, conhecido por sua estabilidade e robustez, tem gradualmente caido no domínio popular, encontrando-se cada vez mais presente nos computadores de uso pessoal atuais. Há muito entretanto destaca-se como o sistema operacional preferido em servidores de grandes porte, encontrando-se quase sempre presente nos "mainframes" de grandes empresas comerciais e até mesmo no computador mais rápido do mundo, o K computer, japonês (lista TOP500).

Versões do Linux

ALT Linux; Arch Linux; Debian; BrDesktop; Damn Small Linux; Famelix; Freedows; Insigne GNU; Linux; KeeP-OS; Knoppix; Kurumin NG; DreamLinux; Big Linux; Linex; Resulinux; Rxart; Satux; Skolelinux; Ubuntu; Alinex; Fluxbuntu; gNewSense; Gobuntu; Goobuntu; Jolicloud; Kubuntu; Kubuntu Netbook Remix; Linux Educacional 3.0; Linux Mint; Ubuntu Netbook Remix; Ubuntu Studio; Ultimate Edition; Xubuntu; ZeVenOS; Xandros; Foresight Linux; Gentoo; Guaranix; Librix; Litrix Linux; Sabayon Linux; Tutoo; GoboLinux; Linux From Scratch; Neo Dizinha; OpenSuSE; Puppy Linux; Red Hat Linux; Caixa Mágica; CentOS; Fedora; Ekaaty; Insigne GNU; Linux – versão 3; Libertas; Muriqui; Vixta; Mandriva; PCLinuxOS; Yellow Dog Linux; Resulinux; Slackware; GoblinX; Slax; Vector Linux e outros.

Algumas vantagens do Linux:

Uma das principais vantagens é o custo;

O Linux é um software livre, isto é, sua utilização não tem custos financeiros você não paga nada para usá-lo;

Em termos de segurança, a compatibilidade com padrões estabelecidos há mais de duas décadas e em constante evolução, fazem do Linux um sistema reconhecido pela sua estabilidade e robustez, dando uma maior segurança às redes que utilizam este produto;

Em termos de amigabilidade o Linux oferece diversas opções de interfaces gráficas para o usuário, com centenas de aplicativos que podem ser executados em qualquer uma delas. Um administrador pode administrar usuários, discos, arquivos, rede, aplicações, etc...., um usuário doméstico pode jogar, acessar Internet ou um usuário corporativo pode editar textos, planilhas, tudo sem grandes alterações em relação à forma como isso sempre foi feito, porém contando com todas os recursos e vantagens oferecidos pelo Linux;

Outra vantagem é quanto aos recursos de memória. O Linux requer pouquíssima memória, necessita apenas de 4MB a 16 MB de memória RAM. Velocidade: o Linux é extremamente rápido comparando-se com outros sistemas operacionais.

 

Algumas desvantagens do Linux:

Ao instalar o Linux e o Windows 98 na mesma máquina, pode-se observar que o Win 98 detecta automaticamente muito mais dispositivos;

Fazer o sistema de vídeo funcionar com X Window continua sendo difícil demais para muitos, embora possível para a maioria dos usuários;

Um outro problema é a escassez de drivers para placas PCMCIA. Se estiver conectando um notebook a sua rede local, por meio de uma placa de rede PCMCIA; e à Internet, a partir da rede local; precisará localizar os drivers com o seu fabricante (nem todos oferecem drivers para Linux), instalá-los e configurá-los você mesmo;

O número de aplicativos disponíveis no mercado é outra desvantagem. Enquanto que para o Windows existem hoje mais de 8 mil aplicações registradas, para o Linux existem apenas algumas centenas.

Mac OS

O Mac OS é o sistema operacional dos computadores da Apple. Seu nome é uma derivação de Macintosh Operating System. A primeira versão foi lançada em 1984. O Mac é muito utilizado para o tratamento de vídeo, imagem e som devido à alta performance de sua interface gráfica. A última versão do SO é a Mac OS X Snow Leopard.

 

 

Versões do Mac OS

Mac OS X v10.0 "Cheetah"; Mac OS X v10.1 "Puma"; Mac OS X v10.2 "Jaguar"; Mac OS X v10.3 "Panther"; Mac OS X v10.4 "Tiger"; Mac OS X v10.5 "Leopard"; Mac OS X v10.6 "Snow Leopard"; OS X v10.7 "Lion" e OS X v10.8 "Mountain Lion"

Vantagens do Mac OS

Segurança

Mac OS é um sistema de duas camadas: a interface gráfica atraente fica no topo de um núcleo Unix e Unix é mais conhecido por suas características de segurança. É simplesmente impossível instalar um trojan ou vírus destrutivo a menos que o usuário explicitamente permita acesso root via digitando a senha de administrador. Mac OS built-in firewall está configurado para trabalhar discretamente fora da caixa, além de ser altamente configurável.

Usuários do Mac OS deve ser vigilante sobre os arquivos estranhos e nunca permitir que um aplicativo que não está certo de acesso de administrador, mas eles não precisam de software anti-vírus especial.

 

Confiança

Porque OS X foi desenvolvido a partir do zero desde o início, o Mac OS é incrivelmente estável. A Apple controla a produção do início ao fim, por isso todas as partes de um Mac é projetado e testado para trabalhar em conjunto.

Facilidade de uso

A Apple é conhecida por contratar os melhores designers industriais e de interface ao redor, e ele mostra na natureza intuitiva do GUI. Eu não quero parecer que estou beirando em território fangirl aqui, é apenas verdadeiro. Como confiabilidade do SO, a funcionalidade do sistema operacional foi projetado para funcionar.

A atratividade da interface não pode ser descontado. Alguns zombam que a aparência não é tudo, mas quando você está gastando 8 ou mais horas por dia olhando para uma tela, é um alívio para gastar esse tempo olhando para uma tela bem concebido.

Os utilizadores avançados têm acesso de linha de comando fácil com o aplicativo Terminal.

 

Integração com a Apple e Outros Produtos

Mac OS irá automaticamente reconhecer e trabalhar com qualquer outro produto da Apple, como iPhone, Cinema Display , Aeroporto, e iPad. Além de tudo isso, drivers adicionais raramente são necessários para não-Apple produtos, e não posso pensar na última vez que eu conectava um dispositivo não-Apple no meu Mac que o Mac OS não reconhece.

Mac OS é possível executar o Windows ao mesmo tempo

Mac OS roda em chips Intel, o que significa que você pode rodar o XP ou Vista com o Mac OS ao mesmo tempo, com o Boot Camp ou software Parallels.

Desvantagens do Mac OS

Preço

Tudo o que poder seguro chamativo confiável tem um preço. Macs custam mais do que máquinas que executam outros sistemas operacionais, apesar de publicações como a MacWorld ocasionalmente executar característica-a-recurso comparações e achar que comparativamente equipados Mac e outras máquinas executar aproximadamente o mesmo preço. O resultado é que você está pagando um prêmio para ter o que muitas vezes é o hardware mais alto-end no mercado.

Este artigo é focado em Mac OS, no entanto, que é software. Apple tem vindo a upgrade do OS X a cada poucos anos por US $ 129 ou então um pop, que não é barato. Melhoramentos intermédios são melhoramentos livres, mas dígito (10,4 a 10,5 , por exemplo) de custos.

Gaming

Se você é um gamer computador, o Mac OS não vai fazer isso por você. Boot Camp e Parallels lhe permitirá rodar jogos nativamente no Windows, mas pode haver um impacto na performance. Alguns jogos são produzidos para Mac OS, mas o número é muito pequena.

Menos Opções de Software

Software altamente especializado pode ser difícil de fonte para Mac OS, como aplicações específicas, e as empresas que trabalham com você pode fornecer arquivos em um dos poucos formatos não-Mac OS deixadas no mundo dos computadores, tais como a Microsoft Publisher.

Eu procurei em vários setores há alguns anos atrás e lembrar a falta de software Mac OS para algumas

Indústrias, estes foram a gestão dentista escritório e exploração / gestão da agricultura. Tudo Procurei apareceu um Mac OS opção. No entanto, para ser seguro, eu ainda acho que é um pouco mais fácil de encontrar altamente especializadas aplicações fora do Mac OS.

Disclaimer: como um usuário de Mac que também passou anos no Windows, eu altamente preferem Mac OS. No entanto, se você está querendo saber quais são as vantagens e desvantagens do Mac OS, eu fiz o meu melhor para descrever objetivamente deles. Com esta informação, você deve estar armado para tomar uma decisão informada sobre se o Mac OS é certo para você.

Os Sistemas Operativos (SO) mais usados pelo Mundo

Existem vários sistemas operativos; entre eles, os mais utilizados no dia a dia, normalmente utilizados em computadores domésticos, são o Windows, Linux e Mac OS X.

Nome

Fundação/Empresa

Ano de lançamento

Versão mais recente

Percentagem

Utilizadores

Windows

Microsoft

1993

Windows 7

88.90%

400 Milhões

Mac OS X

Apple

2001

Mac OS X v10.8 "Mountain Lion"

5.54%

22,5 Milhões

Linux

Linux Foundation

1991

Linux Kernel 3.0.4

2,13%

8,5 Milhões

 

Sistemas Operativos Modernos

Um sistema computacional moderno consiste em um ou mais processadores, memória principal, discos, impressoras, teclado, mouse, monitor, interfaces de rede e outros dispositivos de entrada e saída. Enfim, é um sistema complexo.

Um dos conceitos mais fundamentais dos Sistemas Operativos Modernos é a distinção entre o programa e a atividade de executá-lo. O programa é apenas um conjunto estático de diretrizes e sua execução é uma actividade dinâmica.

Outra das diferenças que podemos observar entre um sistema operacional e aplicações convencionais é a forma com que suas rotinas são processadas em função do tempo. Um sistema operacional não é executado de forma estruturada. Suas rotinas são executadas concorrentemente em função de eventos assíncronos. Em outras palavras, eventos que podem ocorrer a qualquer momento.

Funcionamento

Um sistema operativo possui as seguintes funções:

Gerenciamento de processos

O sistema operacional multitarefa é preparado para dar ao usuário a ilusão que o número de processos em execução simultânea no computador é maior que o número de processadores instalados. Cada processo recebe uma fatia do tempo e a alternância entre vários processos é tão rápida que o usuário pensa que sua execução é simultânea.

São utilizados algoritmos para determinar qual processo será executado em determinado momento e por quanto tempo.

Os processos podem comunicar-se, isto é conhecido como IPC (Inter-Process Communication). Os mecanismos geralmente utilizados são:

sinais;

pipes;

named pipes;

memória compartilhada;

soquetes (sockets);

trocas de mensagens.

O sistema operativo, normalmente, deve possibilitar o multiprocessamento (SMP ou NUMA). Neste caso, processos diferentes e threads podem ser executados em diferentes processadores. Para essa tarefa, ele deve ser reentrante e interrompível, o que significa que pode ser interrompido no meio da execução de uma tarefa.

Gerenciamento de memória

O sistema operativo tem acesso completo à memória do sistema e deve permitir que os processos dos usuários tenham acesso seguro à memória quando o requisitam.

O primeiro servidor para WWW rodou em um NeXTSTEP baseado no BSD.

Vários sistemas operativos usam memória virtual, que possui 3 funções básicas:

assegurar que cada processo tenha seu próprio espaço de endereçamento, começando em zero, para evitar ou resolver o problema de relocação (Tanenbaum, 1999);

prover proteção da memória para impedir que um processo utilize um endereço de memória que não lhe pertença;

possibilitar que uma aplicação utilize mais memória do que a fisicamente existente.

b1) Swapping

Dentro de gerenciamento de memória, pode não ser possível manter todos os processos em memória, muitas vezes por não existir memória suficiente para alocar aquele processo. Para solucionar esse problema existe um mecanismo chamado swapping, onde a gerência de memória reserva uma área do disco para o seu uso em determinadas situações, e um processo é completamente copiado da memória para o disco; este processo é retirado da fila do processador e mais tarde será novamente copiado para a memória; Então, o processo ficará ativo na fila novamente. O resultado desse revezamento no disco é que o sistema operativo consegue executar mais processos do que caberia em um mesmo instante na memória. Swapping impõe aos programas um grande custo em termos de tempo de execução, pois é necessário copiar todo o processo para o disco e mais tarde copiar novamente todo o processo para a memória. Em sistemas onde o usuário interage com o programa durante sua execução, o mecanismo de swapping é utilizado em último caso, quando não se é possível manter todos os processos na memória, visto que a queda no desempenho do sistema é imediatamente sentida pelo usuário.

Sistema de arquivos

A memória principal do computador é volátil, e seu tamanho é limitado pelo custo do hardware. Assim, os usuários necessitam de algum método para armazenar e recuperar informações de modo permanente.

Um arquivo é um conjunto de bytes, normalmente armazenado em um dispositivo periférico não volátil (p.ex., disco), que pode ser lido e gravado por um ou mais processos.

Tipos de Sistemas

Sistemas multi-processadores

Os sistemas multi-processadores – dois ou mais processadores trabalhando juntos – podem ser divididos em duas partes:

Sistemas fortemente acoplados;

Sistemas fracamente acoplados.

Dentro de sistemas fortemente acoplados – memória única compartilhada por dois ou mais processadores, tendo um mesmo sistema operacional gerenciando todos os processadores, encontramos mais duas divisões:

Sistemas simétricos – onde os processadores têm a mesma função;

Sistema assimétricos – onde um processador (mestre) pode executar serviços do sistema operacional.

Dentro de sistemas fracamente acoplados – mais de dois sistemas operacionais que são ligados por canal de comunicação, tendo hardware e sistemas operacionais independentes, existem mais duas divisões:

Sistemas operacionais de rede – cada sistema, também chamado host ou nó, possui seus próprios recursos de hardware, como processadores, memória e dispositivos de entrada e saída. Os nós são totalmente independentes dos terminais, sendo interconectados por uma rede de comunicação de dados, formando uma rede de computadores.

Os sistemas operacionais de rede são utilizados tanto em redes locais (Local Area Network - LAN), como em redes distribuídas (Wide Area Network - WAN). A ligação entre os diversos nós é feita por uma interface de rede que permite o acesso aos demais componentes da rede. Não existe um limite máximo para o número de nós que podem fazer parte de uma rede de computadores. Cada nó é totalmente independente dos demais, possuindo seu próprio sistema operacional e espaço de endereçamento. Os sistemas operacionais podem ser heterogêneos. Na Internet, cada host pode estar processando um sistema operacional diferente, mas todos estão se comunicando através do mesmo protocolo de rede, no caso, os protocolos da família TCP/IP (Transmission Control Protocol/Internet Protocol).[4]

Sistemas operacionais distribuídos – computadores independentes que parecem um único computador aos olhos do usuário; Trata-se de um conjunto de processos que são executados de forma concorrente, cada um dos quais acessando um subconjunto de recursos do sistema. E essa comunicação é feita em forma de envio de mensagens.

Vantagens e Desvantagens dos Sistemas Operativos

Vantagens

Permite substituir diversas máquinas físicas existentes por máquinas virtuais, poupando desta forma espaço real (e energia eléctrica).

Podemos simular, num único computador, uma rede com diversos computadores (virtuais funcionais) e com diferentes sistemas operativos.

Podemos continuar a utilizar software e hardware que supostamente só "funciona" em sistemas mais antigos.

Podemos testar a compatibilidade de uma determinada aplicação em diferentes sistemas operativos, sem sairmos do mesmo PC.

Podemos usar uma máquina virtual para fazer diversos testes, instalações, sem estarmos preocupados com o sistema operativo base/nativo/hospedeiro.

É possível duplicar n vezes cada máquina virtual, sem necessidade de proceder a novas instalações (demoradas) de sistemas operativos.

É possível criar diversos pontos de restauro.

Cada máquina virtual ficará residente numa pasta no nosso sistema base/nativo/hospedeiro.

Aumenta a produtividade reduzindo o tempo necessário para provisão, implantação e reconfiguração de máquinas físicas.

Desvantagens

Cada máquina virtual requererá um determinado espaço em disco (para conter o sistema operativo e outras aplicação sobre o mesmo sistema operativo).

É atribuído ou reservado a cada máquina virtual uma determinada porção de memória RAM.

A capacidade de processamento será repartida pelas diferentes máquinas virtuais.

Poderá ocorrer alguma dificuldade quando é necessário "comunicar" com o sistema principal/nativo. As quais podem ser resolvidas com um ou outro driver.

O Autorun deixa de funcionar.

 

BIBLIOGRAFIAS

http://pt.wikipedia.org/w/index.php?search=versoes+do+solaris&title=Especial%3

http://tecnologia.uol.com.br/especiais/ultnot/2005/08/18/ult2888u81.jhtm

http://www.esbm.pt/escola/alunos/projectos/20082009/luiss/vantagens_e_desvantagens.html

http://www.rdsinfor.com.br/mac-ou-pc-vantagens-e-desvantagens/

www.brighthub.com/computing/mac-platform/articles/73326.aspx


Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Curiosidade
Qual é o melhor Sistema Operativo?
Windows Xp
Windows Vista
Windows 7
Mac OS
Linux
Ver Resultados










Total de visitas: 5821